Voltar ao topo

Denis Morais aposta em crescimento da Capitalização em 2023

19 de Dezembro de 2022 - Mercado

O presidente da Fenacap, Denis Morais, aposta no crescimento das modalidades dos produtos de Capitalização no ano de 2023. A modalidade dos produtos Tradicionais são os que mais se destacam, totalizando 73% das participações.

Até outubro deste ano, o crescimento foi de 16,8%, com R$ 23,4 bilhões de arrecadação. As reservas ficaram na casa de R$36,2 bilhões, alta de 9,4%, em comparação ao ano anterior. A projeção é encerrar 2022 com R$ 40 bilhões em reservas.

"O mercado de Capitalização tem um baixíssimo nível de reclamações, o que indica uma grande compreensão do público sobre o produto”, destaca Denis. O presidente da Federação também afirma que o setor passou por uma reformulação e que está pronto para abraçar as oportunidades de crescimento no próximo ano.

Além do modelo Tradicional, as modalidades de Instrumento de Garantia, que funciona como garantia para contratos de qualquer natureza, incluindo empréstimos e aluguel de imóveis, e Filantropia Premiável, que o consumidor cede o direito de resgate da sua reserva para uma instituição filantrópica, possuem potencial de expansão e são responsáveis, cada um, por quase 12% da receita.

“As 17 empresas associadas, que atuam no setor, investem em tecnologia e na comunicação para popularizar os títulos de Capitalização”, afirma Denis, que tem mais de 35 anos de experiência no setor de seguros e de Capitalização.

CONTEÚDOS RELACIONADOS

© Copyright - CNseg

© Copyright - FenSeg

© Copyright - FenaPrevi

© Copyright - FenaSaúde

© Copyright - FenaCap

© Copyright - Educação em Seguros

© Copyright - Poder Público