Voltar ao topo

Filantropia Premiável foi tema de live no FIFE 2020

02 de Setembro de 2020 - Webinar

 

Federação Nacional de Capitalização (FenaCap) participou, no dia 27, do Fórum Interamericano de Filantropia Estratégica – FIFE 2020. A modalidade Filantropia Premiável foi tema da live Título de Capitalização: um novo instrumento de captação de recursos para o terceiro setor. O debate mostrou como funciona e as aplicações do produto para o desenvolvimento da filantropia no Brasil.

Carlos Alberto Corrêa, diretor executivo da FenaCap  e mediador do encontro, iniciou a live explicando o papel da FenaCap, entidade que representa as 14 empresas que comercializam títulos de capitalização no país. “A FenaCap tem o papel institucional de fortalecer o mercado de Capitalização”, explicou o executivo. Natanael de Castro, presidente da Comissão de Produtos e Coordenação da FenaCap , apresentou as seis modalidades de títulos existentes e suas diversas aplicações.  “A Capitalização viabiliza projetos, porque é um produto financeiro extremamente versátil, sofisticado, que permite adequações às necessidades das pessoas e das empresas”, detalhou, apresentando também informações sobre o desempenho do mercado que, até junho deste ano, mesmo em meio à pandemia, devolveu à sociedade mais de R$ 10 bilhões em resgates, sorteios e tributos pagos. 

O produto de Filantropia Premiável é exclusivo para quem deseja apoiar entidades filantrópicas e ainda concorrer a prêmios em dinheiro durante toda a vigência do plano de capitalização. Embora algumas empresas já comercializassem produtos com objetivo de captar recursos para instituições com atuação social, foi em 2018, após a edição do novo marco regulatório do setor de Capitalização, que o Filantropia Premiável ganhou força, “Esse tipo de produto já vinha sendo pensado há muito tempo e a modalidade foi tomando uma proporção que ganhou um olhar diferente da Susep e do mercado para que se criasse uma modalidade específica para esse fim”, lembrou Eduardo Berto, coordenador do Grupo de Trabalho da Modalidade Filantropia Premiável da FenaCap. A regulamentação trouxe mais segurança jurídica e mais transparência às relações de consumo e fez com que o produto deslanchasse. No primeiro semestre de 2020, o setor repassou R$ 350 milhões a filantrópicas.

A última parte do debate abordou os aspectos legais das operações com títulos da modalidade de Filantropia Premível e a presidente da Comissão Jurídica e de Controles Internos da FenaCap, Simone Ayub Moregola, explicou o ciclo de vida dos produtos de filantropia, e mostrou um passo a passo do contrato entre uma Organização de Sociedade Civil (OSCS) e as empresas de títulos de capitalização, “Quase tudo é permitido, desde que esteja dentro da legislação. Cada passo é altamente regulado”, destacou. Experiências de entidades parceiras, como o Centro Infantil Boldrini, referência no tratamento de câncer infantil no Brasil, foram apresentadas em vídeo, no encerramento da live. Na sequência, os palestrantes responderam a perguntas dos participantes, detalhando aspectos da operação, tais como requisitos exigidos para o desenvolvimento de parcerias entre filantrópicas e empresas de capitalização.  

FIFE 2020 - Fórum Interamericano de Filantropia Estratégica

É o maior evento voltado à gestão de organizações do Terceiro Setor do país. A última edição aconteceu entre os dias 25 e 28 de agosto, em uma versão 100% on-line. Em 2021, o Fórum será presencial, em Florianópolis.

 

CONTEÚDOS RELACIONADOS